/ Notícias / “Artividades Anti-CIStêmicas” contempla o dia internacional do orgulho LGBTQIA+

“Artividades Anti-CIStêmicas” contempla o dia internacional do orgulho LGBTQIA+

Publicado em

No dia 29 de junho de 2021, próxima terça-feira, às 18h, o IFPR-Campus Irati promoverá um encontro com muito afeto, arte e potência de vida, com a participação de Raíssa Negroni, Djankaw Matheus e Rafael Guimarães, o “artividades anti-CIStêmicas”.
 
Raíssa Negroni é performer, tem interesse em processos criativos que hibridizam linguagens artísticas do teatro, dança, circo, poesia e perfomance a partir de abordagens contemporâneas e experimentais de criação cênica. É artista do improviso e do corpo em movimento. Incorpora poéticas urbanas e um olhar sobre o espaço público no seu trabalho. Busca fazer da arte um espaço de reivindicação política, sobretudo para questões de gênero e suas possibilidades de desdobramentos. É produtora cultural na Arena Cultural. Reside em Irati. É transfemista, bissexual, mãe e ciclista. Formada em Licenciatura em Arte pela UNICENTRO-Guarapuava.
 
Djankaw Matheus é Quilombola, artivista performática, travafeminista, bio-construtora e filha da comunidade Paiol de Telha-PR. Tem se aprofundado nas questões acerca de temáticas como relações étnico-raciais, diversidade de identidades de gênero e orientação sexual, conflitos territoriais, agrários, questões ambientais, interseccionalidade, pedagogias libertadoras e decoloniais através da arte e relações sociais, a partir do recorte étnico como ponto central na área de assistência social no Brasil voltada para as comunidades quilombolas. Atualmente, está cursando o último ano da graduação de bacharel em Serviço Social pela Unicesumar e o segundo ano do curso de Licenciatura em Pedagogia do Campo, pela UNICENTRO. Exerce o cargo de Conselheira civil representando a comunidade LGBT+ no Conselho de Promoção de Igualdade Racial – COMPIR/Guarapuava e de Conselheira e integrante pesquisadora da Comissão de Direito à Cidade – CRESS/PR. Também está como Coordenadora Artística e de Projetos Sociais do Coletivo Cultural e Artístico Paiol das Artes na Comunidade Quilombola Paiol de Telha – Entre Rios e Coletivo BAJUBÁ LGBT+ de Guarapuava.
 
Rafael Guimarães é moquequeiro vegano popular, acredita nos afetos, na criação dos possíveis e nas potências das nossas dissidências que desobedecem as normas. É professor, psicólogo, produtor cultural, artista e ativista, doutor em Sociologia, credenciado no PPGER/UFSB, PPGPSICO/Unesp-Assis e PPGE/UFBA. Tem cozinhado gêneros, sexualidades, relações étnico-raciais com temperos mestizos, fronteiriços, anti-coloniais, enfim, tentando se conectar às lutas da re existência autônoma desse mundo que insistem em devastar. Coletivamente, em trincheiras, acredita num outro mundo possível, “donde quepan muchos mundos”, onde sejamos grietasmusguitos, rizomas, memórias.
 
O acesso ao encontro será via YouTube, pelo link: LIVE
 
Na potência de afetação dos encontros, esperamos que você esteja com a gente!

Leia mais

Topo